Todas as dicas descritas na imagem são válidas, importantes e necessárias.

Sabemos que para aquelas que ainda não são mães, ou que estão grávidas, pode parecer exagero e coisa de gente chata. Mas não é!

A chegada de um bebê em nossas vidas muda tudo, mexe com tudo e o que mais precisamos é de compreensão. Por isso gostaríamos de enfatizar mais algumas coisinhas:

Fale apenas o necessário – A mãe por vezes está estressada, insegura, sem dormir, cansada e o que menos ela quer é ouvir comentários desnecessários. Comentários de como o bebê está pequeno, ou de como o seu bebê (o da visita) era bonzinho e dormia a noite toda, de como a sua barriga (a da visita) secou rápido, de como você conseguia dar conta de tudo e mais um pouco. Então aviso aos navegantes: não fale, não irrite a nova mamãe.

Seja veloz – Obrigada pela breve visita! Ouça isso, seja rápido se possível veloz, não espere te servirem sucos, bolos ou biscoitos. Há milhões de coisas para serem feitas naqueles 30 minutos de visita, ainda mais se o querido recém-nascido não dorme. Se você se demorar a ir embora a pobre da anfitriã só estará pensando em uma coisa: Preciso de um cochilo.

Não leve a mal – A sua amiga continua te amando, ela não é chata, não é mal educada, ela é só uma recém mamãe. Ela é só a responsável por fazer dar tudo certo na vida daquele anjo tão pequeno, ela é só uma pessoa que não dorme, não come, não relaxa. E acredite vai passar e ela vai amar te receber por horas em casa, mas não agora!

Mas tem aquelas visitas que amamos. Aquelas de amigas íntimas, irmãs, tias e primas que vão não apenas para ficarem sentadas no sofá, mas para ajudar a mãe. Vão visitar não apenas o bebê, mas a mãe. Aquelas que vão para lavar a louça, estender a roupa, dar uma varrida na casa ou mesmo ficar com o bebê para que a mãe possa dormir por algumas horinhas. Essas visitas são sempre muito bem-vindas! #ficaadica

Beijos mamães! Beijos visitas!

Written by admin

    9 Comentários

Leave a Comment