Essa foi a frase que mais ouvi na semana passada, na minha experiência com a primeira ida da Alice na escola.

Logo passa o choro, logo passa ela agarrar nas suas pernas, logo passa ela dizer “fica mamãe”, logo passa ela esticar os bracinhos, logo passa aqueles olhinhos fitos pedindo socorro. Ah! Claro! Logo passa. Mas enquanto não passa eu sofro, e sofri muito essa semana.

Me peguei pensando varias vezes sobre a real necessidade dela ir para a escolinha, com seus 1 ano e 8 meses. Nos meus mais belos planos ir para a escolinha ainda era algo mais distante, mas nem tudo sai como nós programamos, nem tudo sai como o planejado, e tive que antecipar essa fase. A principio pensei que seria fácil, que eu sofreria menos e que ela também. Mas é dolorido demais, é longo demais, e esse logo passa não chega nunca.

Então me sentindo uma péssima mãe, desnaturada, comecei a procurar algumas dicas de como sobreviver a isso ( Oh! Quanto drama!).

Vamos as dicas:

Envolva o seu filho: Por mais insegura e com medo que você esteja, não deixe de dizer ao seu filho que será gostoso estar na escola, que terão outras crianças, que ele poderá brincar bastante. Ele deve estar envolvido com o momento de forma positiva, e ser avisado antes que ele estará indo para a escolinha, leve ele antes até o local  para que ele possa conhecer.

Não gere ansiedade: Os pais, por ficarem preocupados com a nova situação e até se sentirem inseguros, tendem a perguntar muito aos seus filhos de como foi na escolinha, e ficam tratando desse assunto como o primordial, e isso tem que ser introduzido de forma natural. Deixe que aos poucos e naturalmente ele diga a você das coisas da escola.

Sensibilidade e Firmeza: Muitas crianças ficam choronas, irritadas, sensíveis nesse período de adaptação. É preciso que os pais saibam lidar com isso, encontrar o equilíbrio entre as emoções, para dar o afago mas não deixar que a criança domine a situação. Ela precisa entender que é um momento de transição, mas que ela não está sozinha, vocês passarão por isso juntos.

Rotinas: os horários serão um pouco alternados, e a rotina poderá trazer a criança uma melhor adaptação, ela ter o horário para suas rotinas do dia contribuirá com todas essas mudanças.

Logo passa! Então vamos esperar essa fase tensa, e um dia quem sabe sermos iguais as outras mamães que ficam tão felizes quando as aulas começam!

Beijos mamães!

Written by admin

    43 Comentários

Leave a Comment