Sabe quando parece que já falaram de tudo sobre o universo materno? Sabe quando você tem a impressão de que não há mais nada a ser dito, a ser ensinado, compartilhado? Às vezes é essa a impressão que eu tenho.

Não que isso seja ruim, muito pelo contrário, é bom estarmos bem informadas. É bom podermos tirar as nossas dúvidas, buscarmos dicas e compartilharmos experiências.

O que me preocupa as vezes é quando deixamos de lado o instinto materno, é quando deixamos de ouvir o nosso coração e os nossos filhos e procuramos fórmulas exatas e nos esquecemos de que eles (os nossos filhos) são seres únicos.

Talvez o que funcionou com o filho da fulana não irá funcionar com o seu e isso não quer dizer que o problema está no seu filho e sim que você deve procurar a fórmula que se encaixa a ele.

Na maternidade, no desenvolvimento, no crescimento, no aprendizado dos nossos filhos só existe uma regra, uma fórmula exata: O Amor.

Essa é a ferramenta que devemos usar todos os dias com os nossos filhos, nos colocando de vez em quando no lugar deles para tentarmos compreende-los.

Written by admin

    3 Comentários

Leave a Comment