E cá estou eu na sala observando a bagunça dos brinquedos espalhados e me sentindo estranha. Percebo que quem está sendo observada sou eu! Aqueles olhos pretos, aquele nariz vermelho, o Patati ou Patata sei lá quem é não tira os olhos de mim. Quando penso em gritar e sair correndo, eis que vem minha filhinha senta no chão pega o seu palhaço amigo e o abraça, então caio em mim novamente que é apenas um brinquedo!
Mas vem cá! Só eu me sinto assim observada por esses inofensivos companheiro dos pequenos? Confessa! Você também já teve a impressão de estar sendo observada por eles? Ou até mesmo perseguida? Já pensou “como ele veio parar aqui”? kkkkk
Acho que são traumas de uma infância com a boneca da Xuxa e o Fofão Assassino.
Cá entre nós esses brinquedos dos nossos filhos são fofos, caros, interativos mas para nós adultos podem ser assustadores!
“Dormir num quanto cheio de brinquedos nem pensar” – disse a Cíntia. Ah então a maluca não sou só eu? Não! Claro que não! A Cíntia por exemplo não dorme no quarto com a Brendinha se o Papatá ou Patati estiver lá! Ops! Pior a Brenda tem os dois! Caso sério esse!
Eu imagino que cada uma tenha uma história maluca para contar, e para rir de si mesma também.
Hoje no dia das crianças serão renovados esses montes de brinquedos “que amamos” e que tememos. Então o dia de hoje vale para nossos filhos, e para nós adultos, com nossos “medos” tão infantis!
A gente sempre da uma forçadinha para escolhermos para eles o brinquedos que mais gostamos ou que menos sentimos medo! Rs

Feliz dia das crianças!

Written by admin

    6 Comentários

  1. Lia 14 de outubro de 2015 at 15:31 Responder

    Olha essa, comprei travesseiro contra rinite alrgica to da hora que tenho que ficar tirando meu cachorro de cima dele… kkk

Leave a Comment