Leveza = qualidade do que é leve

Ahhh por que a maternidade não pode ser leve? Porque temos que carregá-la muitas vezes como um peso?

Porque criamos em nossa cabeça um tipo de maternidade perfeita, um tipo de mãe perfeita e um tipo de filhos perfeitos e, quando não alcançamos essa “perfeição” tudo fica pesado.

É o peso de ter que trabalhar fora, é o peso de não conseguir dar conta do trabalho, casa, filhos, marido, amigos, igreja, parentes. É o peso de não estar linda e bela. É o peso porque nosso filho não come direito, não fala direito ou ainda não fala, não foi ainda pra escolinha ou porque já foi….

Agora me digam: Porque isso? Pra que isso? Até onde vamos conseguir carregar esse peso? Será que a maternidade é tão pesada assim ou nós que a tornamos pesada?

E se olharmos com outra perspectiva? Se entendermos que não precisamos dar conta de tudo? Que não tem ninguém nos cobrando a não ser nós mesmas? Se compreendermos que são fases? Que ao invés de focarmos nas coisas que não conseguimos fazer passarmos a dar valor a TUDO o que realizamos (e tenho certeza que são muitas coisas)?

Encaremos as coisas com mais simplicidade e com menos peso de responsabilidades.

Obs: Só com esse texto já tirei algumas toneladas das minhas costas.

Written by admin

    1 Comentário

Leave a Comment