Quando aquelas duas listrinhas surgem, o resultado acima de 50mU/ml ou o positivo aparecem na nossa vida anunciando a sonhada gravidez a gente passa ao estado de êxito tão intenso e o mais lindo da vida de uma mulher. E então como num instante tudo muda (para melhor), como num piscar de olhos a gente se sente completa, a gente se sente única, e a gente se sente mãe.

São longos nove meses que mais parecem anos, que demoram para passar para nós, mas enquanto vamos aprendendo a contar os meses em semanas vamos também construindo um universo completamente novo e maravilhoso.

Ser gestante é ter preferência em filas, é ter preferência para sentar, é poder fazer dengo, é estar permitida a ter preguiça, é bocejar em hora e fora de hora, é sentir orgulho da barriga crescendo, é ser tratada o tempo inteiro como a pessoa mais importante.Depois sentimos uma saudade disso…

Também tem o outro lado da moeda como o medo da balança, o medo das estrias, dos seios flácidos, os intermináveis enjoos, os pés inchados que não cabem nos sapatos, as mãos que não comportam a aliança e a gente tem que aprender a se virar. É engraçado como nos sentimos tão lindas mas basta ter um casamento para a gente se sentir a mais feia, não ter roupa que comporte, sapato que orne com o visual, mas por fim tudo vale a pena pois estamos grávidas e grávida pode tudo. Pode ter desejos, aqueles de madrugada, pode chorar, pode estressar, pode extravasar.

Enquanto tudo isso acontece, nesse nosso novo universo vai se tornando tudo tão único, porque somos privilegiadas, somos nós que sentimos o bebê mexer pela primeira vez, somos nós que falamos com eles o dia inteiro, que eles vão ouvindo a nossa voz, e escutando o nosso coração (pelo menos achamos assim rs). Quanto mais a barriga cresce mais a gente se sente agraciada por Deus, mais vamos nos sentindo mãe, sentindo cada vez mais o amor incondicional.

Bem vinda gestação, bem vinda a vida, bem vinda essa felicidade plena! Bem vinda as emoções mais intensas a cada ultrassom, a cada semana que vamos riscando do calendário, a cada trimestre concluído. Nada tem maior importância do que a gravidez, o bem estar do bebê que ainda não sabemos o sexo, mais que já nos imaginamos chamando-os pelo nome, seja de menina ou menino.

Então o bom é aproveitar e curtir esse momento só nosso, que depois sentimos tanta saudade.

Written by admin

    1 Comentário

Leave a Comment