Há dias na maternidade que por mais que a gente trace metas, faça planos, nos programe, repita mil vezes para nós mesmas que “hoje não iremos nos stressar”, as coisas acontecem totalmente ao contrário.

Têm dias que fogem do padrão, têm dias que você pensa que se sobreviver a ele já estará bom demais.

Dias assim tendem a começar já diferentes. O seu xixi matinal é interrompido, você não escova os dentes, não tira o pijama…. Para que pentear o cabelo se você nem vai conseguir ir até o portão?

As crianças pressentem dias assim. Elas não param quietas um segundo sequer. Elas podem ser as crianças mais boazinhas do universo, mas nesse dia elas não irão dormir, só vão chorar, querer colo, paralisar o seu coração com as travessuras mais assustadoras que você já viu: vai desde abrir o armário de mantimentos e derramar o açúcar, a farinha, o café (só coisa fácil de limpar), beber a água do cachorro, tomar banho no vaso sanitário…. Enfim não há limites!

Nesses dias todas as fraldas vazam e você tem vontade de ligar para o fabricante e despejar nele toda a sua raiva.

Quando você acha que não falta mais nada para acontecer seu filho mais novo faz coco, você pacientemente tira a fralda, coloca ao lado enquanto pega outra e nessa fração de segundos a criança pega a fralda (isso mesmo a fralda suja) abre e passa no rosto e na boca. Nessa hora lágrimas escorrem, e nos perguntamos o que estamos fazendo de errado, clamamos por Deus e levamos a criança para o banho.

No final do dia lamentamos não termos feito nada do que planejamos, mas deitamos com o sentimento de dever cumprido, pois, a roupa pode não estar lavada, o banheiro pode não estar limpo, pode ter louça na pia, mas os nossos filhos dormem em paz e tranquilidade. E no final é isso que importa!!!

(Esse foi um resumo de um dia de fúria na casa da Livia, mãe da Ana Clara e do Davi)

Written by admin

    2 Comentários

  1. Adriano 13 de junho de 2015 at 11:00 Responder

    De tudo isso, acho que o mais dolorido é interromper o xixi matinal, ninguém merece. rsrs.

    abraços

  2. André 14 de junho de 2015 at 09:09 Responder

    Certamente o xixi matinal Adriano, a estratégia é levantar antes deles.

Leave a Comment